Brasil lidera assassinatos de pessoas trans no mundo



“A dificuldade que as pessoas têm de aceitar o diferente me incomoda. Como estou falando de tolerância, trato da questão dos transexuais, que é um dos aspectos nos dias de hoje de que não se tem a compreensão. As pessoas ainda confundem o que é um trans.” Essa fala é de Glória Peres, que na novela “A força do querer” aborda o tema.

A visibilidade em rede nacional, com certeza é importante, pois falta de informação é um dos combustíveis da intolerância. Claro que a existência de informações erradas também pode acabar prejudicando o verdadeiro entendimento de toda uma diversidade sexual. Essa intolerância tem atingido o Brasil de forma triste e preocupante, em 2016 foram com 347 mortes na comunidade LGBT. Esse número com certeza é ainda maior, mas nem sempre as notificações de violência deixam explicito a quem ela afetou.

A vida de transexuais e travestis no Brasil estão mais para o roteiro de um filme de violência e terror. O monitoramento da Rede Nacional de Pessoas Trans do Brasil (Rede Trans Brasil) aponta que, apenas nos 3 primeiros meses deste ano, 25 travestis e transexuais foram assassinados no país.



Era manhã do dia 8 de agosto de 2016 quando a Polícia Militar do Mato Grosso foi acionada e seguiu até a entrada de uma fazenda em Alta Floresta (a 800 km de Cuiabá). Lá encontrava um corpo estirado: era o da travesti Tifanny Rodrigues. Segundo a perícia, antes de ser morta por estrangulamento, ela foi torturada, levou pancadas na cabeça e teve seus órgãos genitais queimados com cigarro.

A violência empregada contra Tifanny não é um caso isolado, e a violência aplicada é costumeira, com requintes de crueldade difíceis de acreditar. O assassinato da travesti Dandara Kataryne, de 42 anos, em Fortaleza, ganhou grande repercussão, principalmente pela crueldade. Toda a violência foi gravada em vídeo que circula nas redes sociais, joga luz sobre o combate à transfobia. Em todo o país, grupos LGBT cobram do poder público a aprovação de projetos e políticas sociais que garantam os direitos dessa população marginalizada. O caso também ganhou visibilidade internacional e atraiu para a periferia de Fortaleza equipes de TV e de jornais dos Estados Unidos e da Europa. A principal das lutas entre os militantes no Brasil é a criminalização da transfobia e da homofobia.


Infelizmente a violência nos estados do Ceará e Mato Grossa não são isoladas, como podem observar no infográfico a seguir, ela está presente em todo pais, e não tem aumentado nos últimos anos.


Falando em informação ... Para entender melhor alguns conceitos

Transexual
Termo genérico que caracteriza a pessoa que não se identifica com o gênero que lhe foi atribuído quando de seu nascimento.
Mulher transexual
Pessoa que reivindica o reconhecimento como mulher
Homem transexual
Pessoa que reivindica o reconhecimento como homem
Travestis

São as pessoas que vivenciam papéis de gênero feminino, mas não se reconhecem como homens ou como mulheres, mas como integrantes de um terceiro gênero ou de um não gênero. Preferem ser tratadas no feminino.

PARA SABER MAIS:

Fontes: 
 AYER, Flávia; BROTEL, Fred. Brasil é país que mais mata travestis e transexuais. 2017. Disponível em: <http://www.em.com.br/app/noticia/especiais/dandara/2017/03/09/noticia-especial-dandara,852965/brasil-e-pais-que-mais-mata-travestis-e-transexuais.shtml>. Acesso em: 17 ago. 2017.

MADEIRO, Carlos. Crueldade nos homicídios de pessoas trans indica intolerância e "aviso", dizem especialistas... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2017/03/18/crueldade-nos-homicidios-de-pessoas-trans-indica-intolerancia-e-aviso-dizem-especialistas.htm?cmpid=copiaecola. 2017. Disponível em: <https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2017/03/18/crueldade-nos-homicidios-de-pessoas-trans-indica-intolerancia-e-aviso-dizem-especialistas.htm>. Acesso em: 17 ago. 2017.
BRAVO, Zean. Personagem travesti e atriz transexual ganham espaço em ‘A força do querer’. 2017. Disponível em: <https://oglobo.globo.com/cultura/revista-da-tv/personagem-travesti-atriz-transexual-ganham-espaco-em-forca-do-querer-21375052>. Acesso em: 17 ago. 2017.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Algumas reflexões iniciais sobre os movimentos sociais!!

Trabalho escravo é ainda uma realidade no Brasil e no mundo!

Socialismo e 100 anos da Revolução Russa: 1917-2017